Capa  - Usos e Costumes - Jefferson - para IMPRESSÃO - Curvas cópiaSobre o livro:

“O tema em espeque demonstra-se relevante em razão do crescente interesse dos cidadãos-administrados no acesso aos quadros funcionais da Administração Pública. Em 2010, dados da Pesquisa Nacional de Amostragem de Domicílios (PNAD) realizada pelo IBGE demonstraram que cerca de 10 (dez) milhões de pessoas naturais estavam estudando para participarem de algum concurso público. Quatro (04) anos se passaram e este cenário não mudou. Dois mil e treze (2013) foi chamado de “o ano dos concursos” por ter sido prevista a abertura de 120.00 (cento e vinte mil) vagas em cargos e empregos públicos com cerca de 12 (doze) milhões de pessoas naturais desejosas de preenchê-las. E 2014 iniciou-se do mesmo modo; com mais de 40 (quarenta mil) vagas previstas.
Acostumados a tratarem os cargos e empregos públicos como patrimônio privado em razão da formação histórica social do Brasil, diversas são as práticas utilizadas pelos agentes políticos para fraudarem os concursos públicos. Frente a essa oposição à democratização e à profissionalização dos quadros funcionais da Administração Pública, a contenciosidade destes processos administrativos concorrenciais e sua jurisdicionalização tem aumentado na mesma proporção. Por isso, este livro terá o interesse de muitos que não só daqueles que operam o Direito. O concurso público é uma realidade cotidiana daqueles milhões de concursandos que também desejam conscientizarem-se dos usos e costumes administrativos que impendem seus acessos aos almejados cargos e empregos públicos.
Da mesma forma, ao fazer a categorização analítica das formas de desconsideração do concurso público o livro atrairá a atenção dos gestores públicos e dos órgãos e das entidades de controle. Isso porque a análise sistemática do acesso fraudulento de pessoas naturais aos quadros funcionais da Administração Pública é fundamental para traçar as estratégias mais eficazes para combater esta cultura administrativa nociva ao interesse público.
Apesar da relevância, atualidade e preocupação com o tema, há escassez de trabalhos nesse jaez.Embora muito discutido coloquial e informalmente, o tema é pouco explorado cientificamente, principalmente no aspecto multidisciplinar abordado pelo livro. Portanto, o livro fornecerá grande contribuição à Ciência Jurídica.

Usos e Costumes No Ingresso De Pessoas Naturais Nos Quadros Funcionais Da Administração Pública