capa_um_descendente_de_europeusSobre a Obra:

UM DESCENDENTE DE EUROPEUS – A história do ser humano se perde fácil. Tudo fica na lembrança e, com a morte das pessoas que dela participaram, ela um dia se apaga. Resgatá-la depois de muitos
anos é difícil, mas com trabalho, esforço e colaboração, uma força cósmica parece conspirar para que fatos reapareçam através de fotos, documentos e lembranças. Esses fatos devem se revestir de coerência e sentido. Só depois é que devem ser escritos e guardados para que não se percam facilmente. O autor deste livro teve muita colaboração e sorte. Este livro destaca a vida do autor desde antes do seu nascimento até a época do seu casamento. Para tanto, ele precisou pesquisar a história da família, buscando livros na internet. Precisou, também, viajar para Santa Catarina, onde desembarcaram os europeus ascendentes de sua mãe, e visitou parentes que gostam de reunir documentos e fotos sobre seus antepassados. Achava que seu avô materno tinha três irmãos, mas os livros e documentos falavam dele e de mais seis. Finalmente, um inventário referente à morte do bisavô do autor mostrou que na realidade seu avô tinha dez irmãos, sendo que nove deles chegaram à vida adulta e somente um teve apenas quatro meses de vida. É um livro leve, com linguagem simples, onde o autor procura, tanto quanto possível, destacar apenas as passagens mais interessantes.

Sobre o Autor:

Eduardo Raciunas – Este é o seu primeiro livro publicado. O autor é membro da Academia Popular de Letras de São Caetano do Sul.

Um Descendente de Europeus