capa_transporte_regional_e_desenvolvimentoSobre a Obra:

TRANSPORTE, DESENVOLVIMENTO REGIONAL E BAHIA – O atual período histórico impõe a necessidade de emprego cada vez maior de tecnologia nos equipamentos portuários, de modo a facilitar o gerenciamento logístico das operações de carga e descarga e burocráticos. Dessa forma, os portos se caracterizam como um conjunto de formas e processos responsáveis pela criação de fluxos que se entrecruzam, formando uma importante rede de circulação. Marx (1977) afirma que a produção determina os modos de distribuição, todavia, na atual fase, as estruturas de distribuição se requalificam em função da lógica da reprodução do capital. Entrementes, o objetivo deste livro é o de refletir sobre a relevância dos portos de Salvador e Aratu para o dinamismo das atividades comerciais de importação/exportação e suas participações no incremento da economia local e regional. Compreender as relações estabelecidas pelos portos dentro da logística dos transportes representa entender como os mesmos se inserem nos cenários mundial, regional e local. No caso específico dos portos de Salvador e de Aratu podemos identificar, a partir da análise atual de sua organização e dinâmica, que ambos representam espaços ímpares intimamente ligados às atividades econômicas da cidade e sua região, facilmente comprovados pelos fluxos e funcionalidades que se materializam em seu entorno.

Transporte, Desenvolvimento Regional e Bahia