capa_repres_dos_idososSobre a Obra:

O Estado do Amapá parece estar isolado do restante do país por sua posição geográfica e pela dificuldade de acesso. Diante deste fato, o intuito desta obra é levar aos brasileiros um pouco da história deste povo, suas representações e o cotidiano vivenciado por eles.
Representações sociais dos idosos da Ilha de Santana, retrata a questão da velhice, localizada no pequeno distrito da cidade de Santana (AP), traçando um panorama destes idosos com a influência do rio em suas vidas, evidenciando que o mesmo serve de alimento, trabalho, meio de locomoção, dentre outras coisas.
É possível identificar neste livro, as mudanças sociais que foram se processando através dos tempos, como por exemplo, as crenças deste grupo social, as lendas e as histórias contadas por eles e que fazem parte desta trajetória de vida.
O objetivo desta obra é identificar a Ilha de Santana (AP) como cenário da pesquisa desenvolvida, demonstrando a identidade assumida pelos idosos que fazem parte desta região, salientando as suas representações sociais.
Enfim, a leitura deste livro, proporciona uma viagem à Ilha de Santana (AP), desvendando uma realidade pouco conhecida pelas pessoas que habitam as demais regiões do Brasil.

Sobre o Autor:

Amália Cardoso Alves – Natural de Araxá-MG, graduada em História, pela Faculdade de Ciências e Letras de Araxá-MG, atual UNIARAXÁ. Possui especialização em História Moderna e Contemporânea e Psicopedagogia.  É Mestre em Sociologia pela Universidade Federal de Brasília (UnB). Atuou como professora de sociologia no Centro de Ensino Superior do Amapá (CEAP) e atualmente é professora de sociologia e assessora acadêmica da Faculdade Atenas, Paracatu-MG, atuando na coordenação do Núcleo de Apoio Psicopedagógico e Profissional (NAPP) da instituição.

Representações Sociais dos Idosos de Ilha de Santana