PAI Acreditei, Superei e Sempre te Amarei cópiaSobre a Obra:

Em janeiro de 2011 me considerava uma pessoa com tremenda experiência de vida.
Contudo, fui fortemente abalado por uma perda que me fez ter certeza de que a vida nunca mais teria sentido, me fazendo tentar cometer atitudes covardes e provando que, embora aos 38 anos de idade, nada tinha me feito saber o que realmente é sofrer e no mínimo tentar diminuir meu sofrimento para com o tempo poder cicatrizá-lo, ficando somente a dor pelo fato de ser inevitável. Ofereço-lhe honestamente e de forma transparente estes relatos marcantes, reais e inexplicáveis que em outubro do mesmo ano me fizeram conseguir superar tanto essa perda e realmente poder sentir que:
“Jamais vou dizer ser experiente, mas com imenso
prazer hoje eu sei o que é viver.”
Publico este livro por achar ser prioridade hoje na minha vida tanto tentar ajudar o próximo como, sempre que possível, poder me reparar com quem me presenteou, dando-me a maravilhosa oportunidade de viver. Outra prioridade que esta edição me proporcionou foi dedicá-la inteiramente ao meu eterno e amado Pai, pois não esqueço em nenhum dia de agradecer por tudo que ele me ensinou até mesmo quando sua hora chegou! Considero este livro uma esperança de conseguir passar minha mensagem de forma honesta, com intenção de que o leitor consiga filtrar o mínimo que seja para retribuir o que divinamente consegui. Hoje, com enorme prazer faço palestras sobre estes relatos voluntariamente e, felizmente, com a publicação desta obra, consigo apresentar meus inúmeros pensamentos inspirados.
PAI. Acreditei, Superei e Sempre te Amarei!
Superação-Inspiração-Reflexão
Dalton Veiga

Sobre o Autor:

Dalton Veiga nasceu no dia 06 de junho de 1974, na cidade de Santos-SP.
Filho de quem gosta de relatar com prazer: Dimas Fonseca Veiga e Marilena Amaral Veiga.
Em 1989, em concurso promovido pelo principal jornal da Baixada Santista, A Tribuna de Santos, que contou com o apoio das prefeituras de cada cidade, Dalton foi eleito dentre todos os alunos e professores da rede municipal de Santos como o quarto melhor aluno do ano.
A quantidade de votos recebida foi tão expressiva que, comparada com os primeiros colocados dos outros municípios, lhe daria a primeira colocação!
Trabalhou no ramo da educação, encaminhando adolescentes aprendizes para o mercado de trabalho durante mais de 13 anos. Trancou sua matrícula no curso de psicologia na Unip logo que inesperadamente sofreu a perda de seu pai.
Trabalhou voluntariamente no Centro de Valorização à Vida. Atualmente se encontra desempregado, dando palestras voluntárias em qualquer lugar do Brasil e se dedicando inteiramente a qualquer tipo de serviço voluntário.Andreas Nora nasceu no Rio de Janeiro – RJ em 1953. Estudou Arte e Literatura. Vive em São Paulo – SP desde 1990.
E-mail do autor:
andreasnora@gmail.com

Pai, Acreditei, Superei e Sempre Te Amarei