capa_homem_temporaoSobre a Obra:

O HOMEM TEMPORÃO – Serafim Malaquias teve praticamente apenas um objetivo na vida: trabalhar muito, criar a sua filha com o máximo de carinho para que ela tivesse uma educação esmerada e construir vagarosamente uma casa, completamente diferente daquela em que sempre viveu, para, quando chegasse sua aposentadoria, nela fosse morar nos anos que restassem da sua vida. Para tanto, pouco depois de iniciar a sua vida profissional, já com o objetivo traçado muitos anos atrás na sua cabeça, Serafim Malaquias começou a construção da casa da sua aposentadoria.  E dos seus sonhos. Como a aposentadoria ainda iria demorar muitos anos para acontecer iniciou e avançou vagarosamente na construção de sua casa até que ela ficasse pronta. Durante os anos em que trabalhava a cada final do dia fazia novos planos e modificações na sua cabeça, numa longa preparação para sua velhice. Enquanto a vida passava, os acontecimentos da sua vida foram se modificando até que descobriu que o seu sonho era um sonho impossível e as coisas terminaram pra ele como não imaginava.

Sobre o Autor:

José Teixeira Filho nasceu no dia 21 de novembro de 1937. Tornou- se medico fazendo seu curso de medicina na Faculdade de Medicina da universidade Federal de Minas Gerais, em Belo Horizonte. Durante os 43 anos que exerceu a profissão ficou observando o comportamento humano dos pacientes que atendia em seu consultório particular. Observou pessoas cujo comportamento se diferenciava do comportamento normal das pessoas. Eram pessoas que pareciam ter nascido fora de época. Em alguns instantes chegou apensar que aquelas pessoas sequer existissem, embora estivessem sentadas na cadeira bem à sua frente. Como aquele comportamento anômalo se repetisse, variando apenas o nome e o momento de cada um, foi anotado aquelas exceções e posteriormente resolveu compilar alguma coisa que viu em alguns poucos capítulos do livro O Homem temporão, livro que se o autor quisesse, poderia transformar em um romance de vários volumes tal a extensão e a diversidade dos fatos que veio a presenciar. Optou por contar apenas a história do personagem principal – serafim Malaquias – , que representava o resumo de diversas outras pessoas , todas elas absolutamente fictícias, mas todas com atitudes que fugiam do padrão da normalidade. Deu o titulo de O Homem Temporão porque o personagem parecia ter nascido fora do seu tempo, tamanha era sua ingenuidade e a sua quase inocência. Serafim Malaquias não era na realidade um homem; era uma reunião de homens. Todos eles nascidos fora do tempo de cada um.

O Homem Temporão