capa_iindependencia_e_soberaniaSobre a Obra:

INDEPENDÊNCIA E SOBERANIA, UMA ESCOLHA PARA O BRASIL – O Brasil é uma das maiores nações em população, território e riquezas naturais, mas, é ao mesmo tempo uma nação colonizada tecnologicamente. Sustentamos as contas nacionais exportando minério de ferro, ou seja, pedra. e a Idade da Pedra não terminou por falta delas. Somos os maiores exportadores de café, mas, não temos uma única marca brasileira com prestígio internacional. Nossa flora medicinal é riquíssima, no entanto, não há fármacos criados no Brasil. O potencial energético brasileiro é imenso, limpo e diversificado, mas, as tecnologias e o parque industrial não são brasileiros. O patrimônio das empresas industriais brasileiras vem sendo transferido intensamente para capitais internacionais, e com isso, seus centros de decisão e pesquisas, agravando a dependência tecnológica. Mas, houve um momento em que decidimos ter uma indústria petrolífera, e criamos a Petrobrás, e também uma aeronáutica, e criamos a Embraer, e muitas outras indústrias genuinamente brasileiras que nos enchem de orgulho. E isso prova o que esta nação de 200 milhões de habitantes é capaz de realizar. Este livro trata do que somos e do que poderemos ser no contexto mundial. Sugere também um conjunto de escolhas estratégicas que cabe à liderança política da nação fazer, no sentido de estimular a criação de empresas industriais de capital nacional e o desenvolvimento tecnológico próprio. Não há razão para renunciarmos ao propósito de sermos uma nação soberana e independente.

Sobre o Autor:

Carlos Alberto Pires Rayol tem 57 anos, é casado com Maria Terezinha e tem duas filhas Jaqueline e Caroline. Engenheiro eletricista formado pela Universidade de Brasília, atua há 34 anos no setor elétrico brasileiro. Trabalhou em projetos de sistemas de transmissão de energia e ensaios de alta tensão na consultora Themag Engenharia, tendo desenvolvido atividades no Brasil, França, Alemanha, Estados Unidos, Suécia e outros países. É engenheiro de carreira da Eletronorte, onde assumiu diversos cargos gerenciais e de assessoramento na Diretoria de Planejamento e Engenharia. Diplomado em MBA Empresarial pela Fundação Dom Cabral e no Curso de Altos Estudos de Política e Estratégia da Escola Superior de Guerra, Rio de Janeiro. Conferencista em congressos e seminários. Escreveu diversos artigos relacionados aos temas tecnologia e proteção ambiental. Ex-presidente da Seção-Brasília do Instituto dos Engenheiros Elétricos e Eletrônicos. Inventor de dispositivo de medição de altura de árvores (hipsômetro trigonométrico).

INDEPENDÊNCIA E SOBERANIA – Uma Escolha Para o Brasil