capa_exilio_poemas_pensamentosSobre a Obra:

EXÍLIO, POESIAS E PENSAMENTOS – Reflete exatamente o olhar poético desse honesto servidor público que ao longo de sua vida vêm presenciando acontecimentos diversos no mundo em sua volta, á que através de sua sinceridade com as palavras expressa seus sentimentos mais profundos, muito deles permeados de muita dor e sofrimento com fatos reais e situações de extremo desespero humano. Esse hábito, o de escrever, inerente ao ser humano desde muito tempo é o que impele este jovem escritor a colocar de forma simples e mais humana a arte de levar a sério o brincar  com os signos, passando  sua mensagem aqueles que vieram a terem a oportunidade de lerem o que pensa essa mente sempre inquieta. Contrariando Fernando Pessoa, que escreveu que “o poeta é um fingidor”, este é meu primeiro livrinho escrito pelos sentimentos mais profundos de minha alma. Coisas, pessoas e lugares em que vivi, conheci e revisitei. Nunca me sentei em cima de uma pedra e pensei que queria ser poderia ser poeta, escritor ou qualquer espécie do gênero, pois esta não é a minha profissão, e meu intuito não é de ficar famoso ou rico. A única riqueza que quero é a paz interior, para que eu possa compartilhar com as pessoas e os seres que amo. Não desejo arrancar lágrimas nem sorrisos, mas apenas que as pessoas que lerem reflitam sobre minhas palavras e possam ter um monte de alegria e acreditar que, apesar de o  mundo não ser perfeito, há criações humanas que são capazes de despertar o coração e a bondade em  cada um e que, dessa forma, nossa centelha poderá contribuir para que nossa raça evolua e prospere no planeta e que consigamos enfim viver em paz e em harmonia com o universo.

Sobre o Autor:

Paulo Levenhagen é servidor Público Federal, poeta, escritor, estudante de psicologia, enfermagem  e de direito. Atualmente mora no Rio de janeiro com sua família onde desenvolve suas diversas atividades.

Exílio, poesias e pensamentos