Cristais de Orvalho cópiaSobre o Autor:

Nascida no velho Planalto Mirandês, em de Janeiro de 1925, sou filha do tempo que, em Portugal, tudo era pouco. Viver com o mínimo de dignidade era difícil para os habitantes, porque os bens materiais eram mais que humildes e a produção restrita às necessidades de consumo.
Eu e os meus Irmãos tivemos o privilégio de nascer num lar de modestos agricultores, com limitados conhecimentos, mas bem formados e responsáveis, que ao transmitirem-nos os seus valores morais, nortearam as nossas vidas.
Neste contexto aprendi a sonhar com outros horizontes. Gostava de ler, desenhar, pintar e esculpir em barro ou madeira pequenos bonecos que se perderam…no tempo.
Dei aulas, à Primária Obrigatória – 3ª classe – durante três anos. “Dispensada de todo o serviço docente”, por motivos políticos, busquei uma actividade liberal e, ao enveredar pela profissão de enfermagem, encontrei o caminho da minha realização cristã e humana.
Agora na reforma, meu tempo de eleição, escrevo o que me vai na alma e, armada em pintora, vou colorindo modestas telas, com que preencho o sonho e animo o ego.
São Paulo, Fevereiro de 2013

Cristais de Orvalho Ao Meu Jeito