capa_ciencia_do_amorSobre a Obra:

CIÊNCIA DO AMOR – Esta obra é um embrião; uma proposta para que o Amor componha a formação educacional dos jovens, desde o ensino fundamental, estudando-o como Ciência, também em nível de graduação e pós- graduação. Ciência do Amor, indispensável para a formação espiritual e o comportamento social do ser humano. Como toda ciência humana, oferece aos jovens, e também aos adultos, uma diretriz segura sobre o conceito do Amor, os seus elementos, constitutivos, essenciais e secundários. A oportunidade para que a humanidade, através da pesquisa, avance na descoberta dos benefícios que o Amor pode propiciar aos homens e mulheres como terapia espiritual e material. Enfim, estudar o Amor, cientificamente, em busca de uma sabedoria completa, na formação cultural, temporal e espiritual. De forma inédita, o leitor, numa visão sistemática e disciplinada, passará a entender o Amor através dos seus elementos constitutivos e a sua classificação como Amor absoluto e Amor relativo; a escala da racionalidade pela qual o ser humano pode chegar à sublimação, como pode regredir, agindo de forma irracional. Enfim, trata-se de uma proposta de aprofundamento no conhecimento dos princípios fundamentais do Amor, provindos da sapiência dos profetas e filósofos,principalmente os que marcam a doutrina cristã.

Já dizia William Shakespeare:
“O tempo é muito lento para os que esperam;
Muito rápido para os que têm medo;
Muito longo para os que lamentam;
Muito curto para os que festejam,
Mas, para os que amam, o tempo é eterno.”

Sobre o Autor:

André Chaguri é natural de Ribeirão Preto, SP (02/10/1941). Casado, há 48 anos, com a Sra. Vanda Inês Tamburús, de cuja união nasceram três filhos, quatro netos e, atualmente, um bisneto. Transferiu-se com a família em 07/04/1970 para Mogi das Cruzes, por nomeação em concurso público para a Justiça Federal do Trabalho. Bacharel e pós-graduado em Ciências Jurídicas e Sociais. Professor Universitário, por mais de vinte anos, agraciado com o título de Professor do Ano de 1990, outorgado pelo Diretório Acadêmico Águia de Haia da Universidade de Mogi das Cruzes, e atualmente advogado militante, honrado com o Título Honorífico de Honra ao Mérito, indicado como Advogado do Ano através da 17ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil (24/09/2000). Sempre atuante na Igreja Católica Apostólica Romana, participou ativamente das diversas pastorais, tendo exercido por muitos anos a função de Diretor da Caritas Diocesana de Mogi das Cruzes, bem como do
Economato da referida diocese. No trabalho com crianças e adolescentes em situação de risco social, participou da Pastoral da Juventude como palestrante e, em 1969, em Ribeirão Preto, foi membro efetivo do Primeiro Seminário de Estudos do Problema do Menor, promovido pelo Tribunal de Justiça de São Paulo. Idealizador e um dos fundadores, em 1984, da Associação Mogicruzense para a Defesa da Criança e do Adolescente, recebeu o Troféu Servir, outorgado pelo Rotary Internacional em 1991, e pelo ASS Premium da Associação dos Subtenentes e Sargentos da Polícia Militar do Estado de São Paulo, 13º Regional de Mogi das Cruzes, pelos trabalhos realizados em prol da sociedade (12/03/1999). Autor do poema “O Caminho”, destinado a crianças e adolescentes, escrito em 1967, com menção honrosa pela Academia Ribeirãopretana de Letras e editado em 2006, registrado na Fundação Biblioteca Nacional sob o nº 378.340, com direitos patrimoniais doados à AMDEM.

Ciência do Amor