capa_fagulha_da_esperancaSobre a Obra:

A FAGULHA DA ESPERANÇA – É um livro que nos surpreende por expor em forma de romance e de uma maneira compacta e ao mesmo tempo profunda o relacionamento de um jovem criado na “elite” da sociedade, de quem os pais se envergonham dele, pois este tem problemas mentais. Essa barreira é rompida quando se envolve em uma relação mútua de amor abnegado e romântico com uma jovem que trabalha como enfermeira no hospital. O interessante é que, no decorrer da leitura, observamos e temos noção do que se passa mentalmente e socialmente com portadores de doença mental (esquizofrenia), bem como aprendemos a forma correta de lidar com eles. Será que realmente existe uma linha que separa o doente de pessoas saudáveis? Se existir, será que ela é muito tênue? Pode-se rompê-la? Vale a pena ler este livro. Verá que, em vez de discriminar, vamos amar.

Sobre o Autor:

O professor Ulisses César Medri é licenciado pela UNIFEV em Ciências Biológicas, em especialização em Biologia. Lecionou em escola estadual de São Paulo, principalmente em cursos de formação de professores primários. Concursado e formado em Criminalística pela Academia de São Paulo, atuou como Perito durante vários anos, e essa experiência o levou a iniciar a escrita deste primeiro livro. Atualmente, dedica-se ao trabalho social, visando despertar nas pessoas a esperança que se avizinha de uma sociedade mais justa, pela qual temos de continuar perseverando enquanto esta não vem.

A Fagulha da Esperança