capa_360_dias_de_adrenalinaSobre a Obra:

360 DIAS DE ADRENALINA – Era 1992, e o clima tenso. Um jovem acadêmico de medicina, após se opôr com elementos poderosos locais, é obrigado, para salvar sua vida, não só largar o seu curso, como abandonar temporariamente sua cidade, mergulhando escondido numa experiência espiritual marcante…. O momento político brasileiro eclodia em movimentos históricos importantes, nas vésperas do impeachement do primeiro presidente eleito pelo povo após anos de ditadura. Paralelamente, na cidade de Juiz de Fora, um pequeno grupo anarquista de motoqueiros denominado “Os Palhaços”, patrocinados por um deputado em Brasília, realiza vários ataques intermitentes e criativos, cujo alvo é a prefeitura da cidade, sempre escapando ilesos da polícia pelas matas e trilhas…. Um ano depois o jovem retorna, quando estão desaparecendo alguns meninos de rua, sem deixar vestígios; Por destino, ele, aleatoriamente, de bike pelas montanhas, não só descobre o porquê, como se torna o pivô de um jogo complexo, ligando J.F com a cúpula do Palácio dos Planaltos, podendo mudar os rumos da história de um país. Perseguido por tudo e por todos, só lhe restava uma missão: fugir, tanto para continuar vivo, como para vingar o mais honesto dos sentimentos: a verdade.

Sobre o Autor:

Alfredo Abrahão Bechara nasceu em Juiz de Fora, onde se formou em Medicina em 1997 na Universidade Federal de Juiz de Fora. Especializou-se em Colo-Proctologia e Cirurgia de Urgência no Hospital Naval Marcílio Dias (RJ) e é Professor de Cirurgia da
Faculdade de Ciencias Médicas e da Saúde de Juiz de Fora (SUPREMA).

contato com o Autor:
bechara360@bol.com.br

360 dias de adrenalina